Roma

Missão cumprida!

07/11/2016

Facebook Twitter

José Getúlio celebra a façanha – Foto: Luiz Frota

 

Pela primeira vez na história um revezamento conseguiu concluir os 36 km da travessia do Leme ao Pontal, no Rio de Janeiro. Foi na madrugada de sábado para domingo que a equipe dos Gladiadores formada por Luiz Lima, Humberto Costa, José Getúlio Filho, Pedro Alquéres, Marcelo Nissenbaum e Georges Lezaun, atravessou a nado a travessia e tornou-se a pioneira na prova por equipes. Largando da Praia do Leme e chegando na Praia do Pontal, no Recreio dos Bandeirantes, a equipe foi bastante celebrada pelo público na areia e pelo barco de apoio ao longo da travessia.

De acordo com as regras da Leme to Pontal Swimming Association (LPSA), organização que cuida da travessia, a equipe dos Gladiadores deveria realizar a travessia na janela de 4 a 10 de novembro. Inicialmente a travessia seria na madrugada de sexta para sábado, mas após consultas meteorológicas, foi decidido realizar a tentativa no dia seguinte. As 1h03 de domingo, Luiz Lima caiu na água para dar início a epopeia dos Gladiadores. Além de grande motivador, foi a referência técnica para os demais. Pouco antes de sua largada a equipe passou por um fato bastante curioso. O cachorro da embarcação se empolgou quando viu Luiz Lima pular na água e se jogou junto, levando o pessoal do barco as gargalhadas.

Luiz Lima em ação durante a travessia - Foto: Luiz Frota

Luiz Lima em ação durante a travessia – Foto: Luiz Frota

 

A cada 1 hora um membro da equipe dos LL Gladiadores caia na água e nadava por 1 hora ininterrupta até passar a vez para outro companheiro. Após Luiz vieram em sequência Marcelo, José Getúlio, Pedro, Humberto e Georges. Quando todos já haviam nadado a ordem foi repetida até que já se aproximando da Praia do Pontal coube a José Getúlio encerrar a travessia dos Gladiadores em 8h11min32s, tempo que passa a ser o recorde a ser batido pela próxima equipe que for encarar a travessia em revezamento. “Foram todos momentos muito difíceis, mas muito agradáveis também. É uma delícia fazer”, disse José Getúlio assim que chegou a Praia do Pontal depois de nadar 36 km com a equipe dos Gladiadores.

Com esse resultado o time dos LL Gladiadores passa a ser o quinto a concluir a travessia do Leme ao Pontal. Até o final do ano já há outras tentativas agendadas, sendo quatro de São Paulo (Revezamento masculino da Equipe Aquaman, revezamento misto da Team RR, Marcos Campos e Juliana Machado) e um do Amazonas (Vitor Gadelha). Para o ano que vem já há um atleta do Rio de Janeiro confirmado (Tomás Cunha).

 

Por Guilherme Freitas

Colaborou Érika Guimarães

Tags

Águas abertas Leme ao Pontal Leme to Pontal Swimmingn Association LL Gladiadores Luiz Lima