Mizuno mira o mercado americano de trajes

12/09/2017

Facebook Twitter

Caeleb Dressel nadou com jammers da marca em Budapeste – Foto: SIPA/USA

O mercado dos Estados Unidos de trajes de natação é o maior do mundo e recentemente ganhou um novo player. Trata-se da Mizuno, gigante japonesa de materiais esportivos e que vai aos poucos se inserindo na natação internacional. A empresa lançou recentemente no mercado americano seu jammer de competição mais moderno, o GX Sonic III Men. Este traje tem como foco os nadadores de elite e universitários, principalmente os velocistas.

O jammer GX Sonic III tem dois modelos disponíveis: o Multi-Racer (MR) e o Sprinter (ST). O traje possui duas tecnologias diferentes em sua costura. O Sonic Line Design tem um nível maior de compressão para suporte postural na parte inferior do corpo e o Sonic Light Ribtex busca reduzir o atrito com a água em quase 9% visando justamente um aumento da velocidade subaquática.

O novo jammer da Mizuno - Foto: Reprodução

O novo jammer da Mizuno – Foto: Reprodução

“A Mizuno teve muito sucesso no mercado de natação competitiva fora dos EUA. Com os bons resultados recentes de atletas americanos em competições internacionais e uma crescente procura por nossos produtos acreditamos que agora é o momento ideal para atuar no mercado americano”, afirmou John Waznik, vice-presidente de Desenvolvimento de da Mizuno USA que tem sede em Atlanta.

O traje já esta disponível na loja oficial da da Mizuno USA e terá o valor de US$ 350. A empresa também poderá personalizar os produtos e visa para 2018 lançar trajes para natação feminina além de outros acessórios. Lembrando que a Mizuno é uma das patrocinadoras da Federação Japonesa de Natação e que no Mundial de Budapeste Caeleb Dressel nadou com jammers da marca.

por Guilherme Freitas

Tags

Caeleb Dressel jammers mercado Mizuno natacao tecnologia