Mundial Master reúne brasileiros em Gwangju

As provas de natação começaram ontem e vão até o domingo (18) na Coreia do Sul, mesmo local do Mundial de Esportes Aquáticos

13/08/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Vista da piscina em Gwangju - Foto: ABMN
Piscina de Gwangju - Foto: Divulgação

Piscina de Gwangju - Foto: Divulgação

Vista da piscina em Gwangju - Foto: ABMN

Após o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Gwangju, na Coreia do Sul, em julho, está acontecendo no mesmo local o Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos Master. A competição também é organizada pela Federação Internacional de Natação (FINA) e começou no dia 5 de agosto. O evento termina no próximo dia 18.

Ao todo são mais de 4 mil atletas masters na Coreia do Sul participando das provas das cinco modalidades aquáticas da entidade: natação, saltos ornamentais, polo aquático, águas abertas e natação artística. Atletas de 83 países estão representados no evento.

Brasileiros no Mundial Master – Foto: ABMN

As provas de águas abertas foram realizadas entre a última sexta-feira e domingo. Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Moscou de 1980 com o revezamento 4×200 m livre, Djan Madruga mais uma vez está disputando a competição. Ele venceu a prova de 3 km na categoria 60 a 64 anos, completando a distância em 40min42s6. Além dele, outra brasileira venceu a prova em Gwangju: Claudia Carrapatoso na categoria 55 a 59 anos.

A natação começou hoje e vai até o dia 18 com a presença de brasileiros. No Mundial Master a premiação é feita para os seis primeiros colocados e já tivemos algumas medalhas para o Brasil nestes dois primeiros dias de evento,  incluindo o ouro de Djan Madruga (60+), a prata de Herilene Freitas (75+), o bronze de Claudia Carrapatoso (55+), o 4º lugar de Marcus Mattioli (55+) e o 6º lugar de Antonio Carlos “Kal” Aragão (45+), todos nos 800m livre.

Brasileiros já subiram ao pódio em Gwangju – Foto: ABMN

Assim como a edição passada em Budapeste-2017, toda a competição está sendo transmitida ao vivo pelo canal oficial da FINA no. Para assistir ao conteúdo clique aqui. Os atletas brasileiros que participam do Campeonato Mundial Master bancaram sua ida ao evento por conta própria.

A categoria master da natação começa com os nadadores a partir dos 25 anos de idade e a divisão funciona a cada quatro anos. Neste Mundial, a nadadora mais experiente é a japonesa Toshiko Amano que tem 93 anos. Já entre os homens o mais velho é o búlgaro Tancho Tenev que tem 91 anos.

Cartaz oficial da competição: Foto: FINA

Desde 2015, o Campeonato Mundial Masters de Esportes Aquáticos da FINA passou a ser realizado em conjunto com os Mundiais de Esportes Aquáticos, a fim de garantir uma exposição maior para a categoria e mais oportunidades para a cidade-sede. Dessa forma a próxima edição será em Fukuoka, no Japão, em 2021.

Para quem quiser acompanhar todos os resultados Mundial Master basta visitar o site oficial do evento clicando aqui.

Tags

Campeonato Mundial Master Gwangju-2019 natacao natação master seleção brasileira

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas