Nadando ou congelando na Rússia?

Disputada na cidade russa de Murmansk, a 3ª edição do Campeonato Mundial de Natação no Gelo reuniu mais de 400 atletas

18/03/2019 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Campeonato Mundial de Natação no Gelo - Foto: IISA/Reprodução
Petar Stoychev no Campeonato Mundial de Natação no Gelo - Foto: Facebook/Reprodução

Petar Stoychev no Campeonato Mundial de Natação no Gelo - Foto: Facebook/Reprodução

Campeonato Mundial de Natação no Gelo - Foto: IISA/Reprodução

Já imaginou nadar em uma piscina onde a temperatura da água fica beirando os 0º C? E que a temperatura ambiente também não está tão acima disso? Além da chance de encarar ventos e até nevascas? Pois bem, caso você queira ter essa experiência algum dia sabia que ela é existe. A International Ice Swimming Association (IISA) promove diversos eventos de natação e águas abertas em temperaturas gélidas, as vezes até abaixo de zero. A principal delas aconteceu no último fim de semana.

A 3ª edição do Campeonato Mundial de Natação no Gelo foi disputada na cidade russa de Murmansk, localizada na região Círculo Polar Ártico e a quase 2 mil km de distância da capital Moscou . Lembrando que nesse momento é inverno na Rússia e as temperaturas da cidade giram de torno de 0º C. Um programa de maluco, mas que mesmo assim atraiu um bom número de interessados. Afinal foram registradas as inscrições de 400 nadadores de 33 países, entre eles alguns da América do Sul como Chile e Argentina.

Em Murmasnk foram disputadas sete provas: 50m, 200m, 500m e 1 km livre, 50m e 100m peito e 50m borboleta. O nome mais conhecido entre os participantes foi o de Petar Stoychev. Campeão mundial dos 25 km de Xangai-2011, o búlgaro encarou a prova dos 500m livre e terminou em terceiro lugar com o tempo de 6min06s. Essa não foi sua estreia em águas gélidas. Após deixar a carreira profissional, ele passou a disputar algumas competições da natação no gelo. Segundo o site da IISA, Stoychev já competiu nessas condições seis vezes desde 2016, tendo inclusive nadado 1 km nas águas da Antártida no fim do ano passado com a água chegando a -1,2 °C.

Além do Mundial, a IISA promove outras competições de natação no gelo. Para este ano estão agendadas mais três provas na África do Sul em julho e na Holanda e República Tcheca em dezembro. No momento a International Ice Swimming Association busca tornar-se uma modalidade olímpica e fazer parte do programa dos Jogos de Inverno. No próximo dia 1º de julho a entidade vai completar dez anos de fundação. Conheça mais da IISA e veja os resultados do Mundial de Natação no Gelo clicando aqui.

Tags

Águas abertas Campeonato Mundial de inverno Murmansk natacao Petar Stoychev Rússia

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas