0

Você não possui itens no carrinho de compras.

Voltar para a Home do Blog

O novo formato Rei e Rainha do Mar

dwep5hh2kd11l14kl33ft83b6

Poliana Okimoto e Allan do Carmo voltam a nadar o Rei do Mar – Foto: Reprodução

O Desafio Elite Rei e Rainha do Mar já é um evento consagrado no Brasil. Único torneio de natação em águas abertas a ser transmitido pela TV aberta do país (dentro da programação do Esporte Espetacular da TV Globo), ele reúne anualmente grandes nomes da modalidade na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. Em ação estão homens e mulheres dispostos a lutar pela coroa de rei e rainha do mar. Este ano a competição tem uma novidade com um novo formato que promete mais equilíbrio.

Antes explicar a nova dinâmica vamos recapitular as origens do evento. O primeiro formato da competição, em 2009, teve apenas homens disputando a coroa de rei do mar. Na ocasião o australiano Trent Grimsey foi o vencedor. Entre 2010 e 2012 homens e mulheres nadavam separadamente e cada um recebia sua coroa. A partir de 2013 o formato passou a ser em duplas onde com um nadador e uma nadadora representavam um país. A dupla que completasse o circuito mais rápido era a campeã.

Vista da Praia de Copacabana, a praia olímpica - Foto: Internet/Reprodução

Copacabana: a praia olímpica será palco mais uma vez do desafio – Foto: Internet/Reprodução

Este ano teremos pela primeira vez quartetos. Dois homens e duas mulheres vão compor os times e cada um deles dará duas voltas de 400m (350m de natação e 50m de corrida na areia) totalizando oito voltas e 3,2 km nadados por equipe. A equipe mais rápida será declarada campeã da edição 2017. A adoção de quarteto também foi feita pela Fina que este ano estreou o formato no Campeonato Mundial de Budapeste. Nos eventos da entidade internacional cada atleta precisa nadar 2,5 km totalizando 10 km.

Este novo formato dará mas equilíbrio e emoção a disputa, já que as equipes terão que ter uma boa estratégia principalmente na ordem dos atletas. Em 2017 teremos cinco equipes: Brasil Amarelo (Poliana Okimoto, Ana Marcela Cunha, Allan do Carmo e Fernando Ponte), Brasil Verde (Viviane Jungblut, Betina Lorscheitter, Guilherme Costa e Leonardo de Deus), Europa (Anna Olasz, Esmee Vermeulen, Dario Verani e Alex Studzinski), América (Samantha Arevalo, Rebecca Mann, Guillermo Bertola e Xavier Desharnais) e África (Michelle Weber, Sasha-Lee Nordengen, Chad Ho e Danie Marais).

Rei e Rainha do Mar 2016, Praia de Copacabana, posto 5. 09 de Dezembro de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/Effect Sport

Dario Verani (a esquerda) é o atual Rei do Mar – Foto: Satiro Sodré/SSPress

Confira amanhã aqui na SWIM CHANNEL uma análise das cinco equipes e um breve perfil dos 20 nadadores que disputam domingo a coroa da realeza dos mares.

Por Guilherme Freitas

Deixe um comentário

To Top