O ano de 2018: competições internacionais

03/01/2018

Facebook Twitter

Vai começar mais uma temporada da natação internacional. Trata-se de um ano atípico, sem Jogos Olímpicos ou Campeonatos Mundiais de Esportes Aquáticos, mas não menos importante. Afinal, 2018 esta cheio de grandes eventos de natação e águas abertas pelo mundo a fora.

A começar pelas duas principais competições para a seleção brasileira de piscina. Entre os dias 23 e 27 de agosto acontece em Tóquio o Campeonato Pan-Pacífico, que é de fato o principal objetivo da temporada. O evento é importante por vários motivos: acontece na piscina longa, terá como principais adversários EUA, Austrália, China e Japão, ocorre na mesma cidade das próximas Olimpíadas e é mais uma oportunidade para vermos o revezamento 4x100m livre em ação. Provavelmente a CBDA levará um grupo menor (cerca de 16 nadadores) para a competição, que aumenta as chances de uma boa campanha.

Bruno Fratus (foto: Satiro Sodré/SSPress)

Bruno Fratus buscará defender seu título no Pan-Pacífico – Foto: Satiro Sodré/SSPress

O outro grande evento para os brasileiros será no final do ano. Entre 11 e 16 de dezembro, a cidade chinesa de Hangzhou será palco do Campeonato Mundial de piscina curta. A competição não costuma ser muito concorrida entre os melhores nadadores do planeta, porém, neste ano sem Mundiais de longas é bem possível que algumas estrelas estendam suas temporadas visando o evento. Para os brasileiros é uma boa chance de lutar por medalhas e o grupo deverá ter novamente 16 atletas convocados. Os brasileiros também terão outra competição internacional. Entre os dias 28 de maio e 8 de junho acontece em Cochabamba, na Bolívia, os Jogos Sul-Americanos e a CBDA já definiu que enviará uma seleção B e de jovens atletas.

Nas águas abertas o destaque da temporada será o Fina Marathon Swim World Series, novo nome da Copa do Mundo de águas abertas da entidade. A competição terá dez etapas ao longo da temporada e oferecendo mais dinheiro em premiação deverá atrair um grande número de interessados, como os brasileiros que utilizaram o circuito como preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Ao mesmo tempo teremos também a Fina Ultramarathon Swim World Series, nova nomenclatura do antigo Grand Prix com provas maiores de 15 km de distância.

(foto: Satiro Sodré/SSPress)

Etiene tentará o tricampeonato mundial nos 50m costas na curta – Foto: Satiro Sodré/SSPress

Além dessas competições haverá outros eventos ao redor do planeta. Na Europa teremos em Glasgow, na Escócia, mais uma edição do Campeonato Europeu de Esportes Aquáticos entre 3 e 12 de agosto reunindo os principais nomes do continente. A cidade de Queensland na Austrália sedia entre os dias 4 e 15 de abril mais uma edição do tradicionalíssimo Commonwealth Games, que será a prioridade de seleções como Austrália e Inglaterra.

Na Ásia a grande atração são os tradicionais Jogos da Ásia, que desta vez acontecerá em Jacarta, na Indonésia, nos dias 18 de agosto e 2 de setembro. O evento, realizado desde 1951, promete um grande embate entre as duas potências da região: China e Japão. E para os mais jovens o destaque é a realização da terceira edição dos Jogos Olímpicos da Juventude em Buenos Aires durante os dias 6 e 18 de outubro. A competição, que já revelou futuros campeões olímpicos e mundiais, promete continuar apresentando ao mundo novos nomes.

Por Guilherme Freitas

Tags

2018 Águas abertas calendário eventos natacao