O novo Clube do Medley

20/06/2017

Facebook Twitter

O nadador alemão Philip Heintz – Foto: Boris Streubel/Bongarts/Getty Images

Na edição #28 da SWIM CHANNEL, especial sobre a carreira de Thiago Pereira que você pode adquirir aqui, apresentamos uma matéria especial sobre o Clube do Medley. Trata-se de um seleto grupo de nadadores que dominou por mais de uma década a prova dos 200m medley. Michael Phelps, Ryan Lochte, Lazslo Cseh e Thiago Pereira foram quase imbatíveis neste período conquistando a maioria das medalhas em Jogos Olímpicos e Campeonatos Mundiais. Hoje o clube esta a ponto de chegar ao fim. Thiago e Phelps se aposentaram e Cseh deixou os 200m medley de lado para se dedicar as provas de borboleta. Sobrou apenas Lochte que cumpre o último mês de suspensão pelo polêmico caso do falso assalto sofrido nos Jogos e ninguém sabe como será a sua volta. Aos poucos o seleto grupo vai se renovando.

A renovação faz parte do esporte. É o ciclo da vida. E ela esta acontecendo nos 200m medley, com a saída desses veteranos e a entrada de jovens atletas. Kosuke Hagino e Shun Wang já haviam dado mostras que poderiam integrar este novo Clube do Medley com seus resultados recentes. Hagino foi vice-campeão mundial em 2013 e olímpico em 2016, além do título olímpico no Rio-2016 nos 400m medley. Já Wang foi bronze no Mundial em 2015 e na Olimpíada do ano passado. Ambos também ostentam medalhas de ouro no Mundial de piscina curta. O japonês ganhou em Doha-2014 e o chinês em Windsor-2016.

Wang e Hagino: medalhistas no Rio - Foto: Fei Maohua/Xinhua

Wang e Hagino: medalhistas no Rio – Foto: Fei Maohua/Xinhua

Esta semana o novo Clube do Medley ganhou um novo integrante. Trata-se do alemão Philip Heintz que ganhou os holofotes mundiais pela sua performance no Campeonato Alemão. O nadador de 26 anos já havia tido bons desempenhos em competições de nível internacional, sendo finalista olímpico no Rio-2016 (foi sexto colocado) e vice-campeão mundial na curta em Windsor. Inclusive superado o recorde nacional dos 200m medley com 1min57s48 na piscina do Olympic Aquatic Stadium ano passado.

Heintz conquistou duas marcas expressivas em Berlim: bateu o recorde alemão ao nadar para 1min55s76 e tornou-se o sétimo nadador da história a completar a prova abaixo de 1min56s, juntando-se ao quarteto original do Clube do Medley, Hagino e ao americano Eric Shanteau. O que chamou a atenção foi seu forte fim de prova. O alemão nadou os últimos 50 metros para 27s56, apenas sete centésimos acima da parcial do recorde mundial de Lochte (veja a prova abaixo).

A marca lhe credencia a uma boa perspectiva para o Campeonato Mundial que começa dentro de menos de um mês. Sem Thiago, Phelps, Locthe e muito provavelmente Cseh, Heintz deve fazer um interessante duelo contra Hagino e Wang, que embora sejam mais jovens que o alemão têm mais experiência internacional. Budapeste poderá ser o local do nascimento de um novo Clube do Medley.

Por Guilherme Freitas

Tags

Budapeste-2017 Clube do Medley natacao Philip Heintz recorde Thiago Pereira