O uso da cauda de sereia no nado artístico

Acessório produzido pela Sirenita pode ajudar no desenvolvimento da criatividade de nadadores

16/10/2020 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Caudas de sereia da Sirenita - Foto: Reprodução
A técnica de nado artístico Lígia Bahu - Foto: Reprodução

A técnica de nado artístico Lígia Bahu - Foto: Reprodução

Caudas de sereia da Sirenita - Foto: Reprodução

A primeira vista a cauda de sereia pode ser identificada como um acessório para recreação e lazer. Porém, engana-se quem pensa que ela só serve para apenas estes fins. Estes produtos podem ser bastante úteis para o treinamento e desenvolvimento de modalidades aquáticas como o nado artístico.

Além de práticas lúdicas nos treinos as caudas podem ser usadas para diversos propósitos na modalidade, tanto no figurino de apresentações como para material pedagógico que auxilia no aprendizado da ondulação, deslocamento submerso, além de estimular a criatividade.

Apresentação com cauda de sereia no Paineiras – Foto: Lígia Bahu

“Por si só existe uma identificação dos atletas, especialmente as meninas. As sereias são seres que dominam a água, são poderosas e encantam com sua presença e movimento. O nado é isso, tem toda essa dimensão artística, que por si só já traz uma sintonia entre atletas e as caudas de sereia”, conta Lígia Bahu personal trainer de esportes aquáticos, instrutora no uso desses acessórios e com passagem pela equipe do Clube Paineiras do Morumby.

Lígia disse ainda que a cauda possibilita a criação de novas coreografias e exercícios, o que é positivo para o atleta. “Quando se trata dos nadadores, a criatividade não tem limites. Eles podem realizar com a cauda posições como vertical, tina, gancho, bolinha, carpada, cancã duplo, além de movimentos como spin, giros, cambalhotas, arcos e diversos movimentos artísticos de transição. Quanto mais experiente, criativo e treinado, maiores as possibilidades”, revela.

A técnica de nado artístico Lígia Bahu – Foto: Reprodução

A técnica de nado artístico inclusive frisou justamente em duas características que as atletas devem ter antes de usar o acessório: experiência e treinamento. “O uso da cauda só pode ser permitido para crianças a partir dos sete anos e que possuam boa proficiência aquática. É preciso saber colocar e tirar a cauda, além de nadar pelo menos 25 metros sem necessidade de descanso”, diz Lígia lembrando que todas as crianças que tentarem usar a cauda devem ser supervisionadas por um responsável que saiba nadar.

Lembrando que fabricantes como a Sirenita se preocupam com a segurança na confecção das caudas, além de sempre fazerem testes para evitar acidentes (clique aqui para ver mais detalhes). Independentemente desses fatores é necessário bastante atenção, cuidado e acompanhamento para proporcionar uma atividade prazerosa e divertida aos praticantes de nado artístico.

Assista abaixo uma apresentação da equipe do Paineiras do Morumby

Tags

cauda de sereia Lígia Bahu nado artístico natacao Sirenita

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas