Olympic Trials: vai começar

25/06/2016

Facebook Twitter

A partir de amanhã as atenções de todo o mundo aquático se voltarão ao Century Link Center, em Omaha. Mais de mil nadadores americanos cairão na água visando obter uma vaga para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Serão oito dias de competição recheados de grandes expectativa para boas performances e possíveis recordes mundiais. No dia 3 de julho iremos conhecer o Team USA que em agosto vem ao Brasil para a Olimpíada. O balizamento já foi divulgado e teremos provas bastante interessantes.

Sem dúvida a grande atração do evento será Michael Phelps. De volta as piscinas após uma breve aposentadoria, o maior atleta olímpico de todos os tempos nadará cinco provas em Omaha: 100m e 200m borboleta, 200m medley, 100m e 200m livre. Nos eventos de livre seu objetivo é conseguir um lugar nos revezamentos americanos. Por isso a tendência é que ele nade apenas as eliminatórias, porém, se a marca feita pela manhã não for boa o suficiente para lhe colocar no revezamento ele poderá disputar a final.

Ledecky seria eleita a melhor do mundo pelos novos critérios da Fina – Foto: Associated Press

Katie Ledecky encara seis provas na seletiva – Foto: AP Photo

Se Phelps terá um programa de provas menor do que as últimas seletivas, o mesmo não se pode aplicar a Ryan Lochte. O nadador cairá na água seis vezes: 100m e 200m livre, 100m borboleta, 200m costas, 200m e 400m medley. Pelo seu histórico, é bem possível que ele se retire alguma prova na seletiva. Para Londres-2012 ele fez a loucura de se inscrever em 12 eventos (!), porém desistiu de nadar metade deles. Pelo fato dos 200m costas acontecerem no mesmo dia dos 200m medley, é bem provável que ele não nade esta prova. A grande surpresa é a inscrição nos 100m borboleta, prova que ele tentou se dedicar anos atrás, e os 400m medley, evento que cogitou nunca mais nadar depois do ouro olímpico em Londres.

Entre as mulheres chama a atenção as inscrições de Katie Ledecky. Serão seis quedas na água: todas as provas de livre e os 400m medley. A nadadora é a favorita absoluta a medalha de ouro olímpica nos 400m e 800m livre e tem grandes chances nos 200m livre. Nos 100m livre o objetivo deverá ser conseguir um lugar no revezamento e nos 50m testar sua velocidade. Já os 400m medley podem ser uma alternativa para entrar na competição, pois a prova acontece no primeiro dia. Já Missy Franklin nadará suas quatro tradicionais provas (100m e 200m livre e 100m e 200m costas) e Natalie Coughlin que busca no Rio tornar-se a maior medalhista da história da natação feminina nada três eventos: 50m e 100m livre e 100m costas.

Ryan Lochte e o ouro de 2012 - Foto: Al Bello/Getty Images

Lochte foi campeão olímpico nos 400m medley em Londres – Foto: Al Bello/Getty Images

Outros destaques são os 100m livre masculino (com dez nadadores balizados abaixo dos 49s, liderados pelo campeão olímpico Nathan Adrian), as acirradas lutas por vagas nos revezamentos femininos de nado livre e os 100m costas masculino com o trio David Plummer, Matt Grevers e Ryan Murphy bem a frente dos adversários e lutando por duas vagas. A seletiva americana acontece durante os dias 26 de junho e 3 de julho e terá transmissão da TV americana NBC. Não haverá transmissão do evento para o Brasil, mas resultados em tempo real e mais detalhes podem ser acompanhados pelo site da USA Swimming, clicando aqui.

Por Guilherme Freitas

Tags

Katie Ledecky Michael Phelps Omaha Ryan Lochte seletiva americana USA Olympic Trials USA Swimming