Os 40 anos da natação master no Brasil

Há quatro décadas nadadores acima de 25 anos disputavam na piscina do Flamengo a primeira competição master no país

22/06/2020 - Alexandre Pussieldi

Facebook Twitter
Campeonato Brasileiro Master da ABMN - Foto: FAM/Facebook

Campeonato Brasileiro Master da ABMN - Foto: FAM/Facebook

* Texto publicado originalmente na Best Swimming no dia 21 de junho de 2020.

No dia 21 de junho de 1980, a piscina do Flamengo estava cheia para uma história de muito sucesso. Por meses, a FARJ, Federação Aquática do Rio de Janeiro convocou pais, mães e avós para uma disputa que aconteceria no mesmo dia de um torneio mirim e petiz. A ideia veio de fora, foi Waldyr Ramos que quando fez uma viagem aos Estados Unidos para um torneio de polo aquático viu vários nadadores de idade treinando. A curiosidade foi mais além, pegou detalhes, regulamentos e tentou a importação.

Demorou alguns anos para ser materializada, e foi através do presidente da FARJ, Rogério Carneiro, um grande inovador em sua época como dirigente que a coisa aconteceu. Os diversos chamados na imprensa lotaram a piscina. Um torneio gigante e que mesmo começando cedo pela manhã de sábado só foi terminar depois das 14 horas.

A ideia eram apenas provas de 50 metros, mas alguns nadadores acharam pouco e pediram uma prova maior, ganharam os 400m livre. O torneio foi um sucesso e muitos só ficaram sabendo no dia, na hora e mesmo assim ainda puderam participar.

Destaque da competição master – Foto: Jornal do Brasil/Reprodução

O evento ainda homenageou Sylvio Fiolo que havia parado de nadar há dois anos. Outro homenageado foi o medalhista olímpico Manoel dos Santos. Outros nomes de destaque que voltaram as piscinas Lucy Burle e Sylvio Kelly, todos atletas que já haviam representado a seleção brasileira no passado. No dia seguinte, o Jornal do Brasil deu meia página para o evento.

Ainda engatinhando no Brasil, seriam três categorias em disputa: sênior 25 a 35 anos, super sênior de 36 a 45 anos e hiper sênior de 46 a 55 anos. Acontece que apareceram nadadores mais velhos e um ajuste precisou ser feito. Eram dois nadadores com mais de 70 anos. Um deles, Carlos Vasconcelos nadou com o remédio Isordil (um anti-enfarte) no calção.

O sucesso foi enorme. E precisou ser repetido. Outros torneios foram sendo organizados e que acabaram determinando a criação de uma organização. Quatro anos depois da primeira competição masters no Brasil, nascia a Associação Brasileira Masters de Natação (ABMN).

Comemoração dos 35 anos do primeiro evento master no Brasil – Foto: Best Swimming

Em 2015, a ABMN fez uma homenagem a Rogério Carneiro e Coaracy Nunes, que eram respectivamente o presidente e vice-presidente da Federação Aquática do Rio de Janeiro (FARJ) na realização do primeiro torneio. Era a comemoração dos 35 anos de natação master no Brasil.

Amanhã, dia 23 de junho, a Best Cam Swim Streaming irá entrevistar Waldyr Ramos que vai contar um pouco desta história e os detalhes destes 40 anos de tantas belas histórias da natação master no Brasil. Indicamos ainda a história da ABMN em artigo científico publicado por Fabiano Pires Devide que pode ser conferido clicando aqui.

Tags

ABMN Alexandre Pussieldi Best Swimming CBDA natacao natação master

Alexandre Pussieldi

Editor-chefe da Best Swimming e colunista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas