Retrospectiva 2019 SWIM CHANNEL – parte 4

Encerramos este especial com os meses de outubro, novembro e dezembro através das matérias publicadas pela SWIM CHANNEL

31/12/2019 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Pódio da Travessia do Canal de Ilhabela - Foto: Fabio Mota Photo
Guilherme Costa - Foto: Reprodução

Guilherme Costa - Foto: Reprodução

Pódio da Travessia do Canal de Ilhabela - Foto: Fabio Mota Photo

Chegamos a última parte da nossa série especial de quatro textos relembrando os melhores momentos do ano de 2019, além de alguns dos principais textos publicados aqui na SWIM CHANNEL ao longo deste ano que vai chegando ao fim. Agora destacamos os últimos meses do ano: outubro, novembro e dezembro. Confira abaixo!

 

OUTUBRO

Ricardo Prado – Foto: Felippe Luque

No décimo mês do ano a SWIM CHANNEL inaugurou sua nova loja física durante a solenidade do Hall da Fama da Natação Brasileira, que incluiu em seus quadros o medalhista olímpico Ricardo Prado e a pioneira Maria Lenk (in memoriam). O mês também foi marcado pela ação de Fabiola Molina, que através de sua marca de swimwear garantiu patrocínio e ajuda financeira para a realização do tradicional Troféu Chico Piscina, vencido mais uma vez por São Paulo. A marca também lançou um traje exclusivo voltado para a natação de base (mirim e petiz) que não pode usar trajes aprovados pela FINA.

Nas águas abertas aconteceu mais uma edição do Desafios Aquaman na Praia da Cocanha em Caraguatatuba e a dupla Luiz Felipe Lebeis e Rafaela Monilly venceu a disputa. Os nadadores Isabele Farias e Marcello Pires vencera a inédita etapa do Rio Negro Challenge nas águas do Rio Tapajós, em Alter do Chão (PA), Diego Vidal e Maria Silveira venceram a primeira etapa do Circuito VIVA RS e o Aloha Spirit Festival anunciou a Cerveja Enseada como seu novo copatrocinador. E em Campinas, Samir Barel inaugurou um novo centro aquático que leva seu nome.

Leia mais 

Fabiola Molina Swimwear salva a principal competição da natação de base: clique aqui para ler.

Fabiola Molina Swimwear lança traje para natação de base: clique aqui para ler.

A diferença de nadar em vários ambientes: clique aqui para ler.

Ricardo Prado e Maria Lenk no Hall da Fama: clique aqui para ler.

Etiene Medeiros: a herdeira!: clique aqui para ler.

A ISL não é para nós!: clique aqui para ler.

Inauguração do Centro Aquático Samir Barel reúne atletas em mesa redonda: clique aqui para ler.

Luiz Felipe Lebeis e Rafaela Monilly: os campeões do Aquaman: clique aqui para ler.

Arena uma vez mais revoluciona os óculos de natação para competição: clique aqui para ler.

 

NOVEMBRO

Betina Lorscheitter venceu a Travessia do Canal de Ilhabela – Foto: Fabio Mota Photo

Na Travessia do Canal de Ilhabela, Allan do Carmo e Betina Lorscheitter foram os grande campeões da sexta edição da prova. Allan não teve dificuldade em vencer a travessia, já no feminino Betina superou Rafaela Monilly e Catarina Ganzeli em uma chegada de tirar o fôlego. Na Maratona Aquática 14 Bis foram os grandes campeões Luiz Felipe Lebeis e Rafaela Monilly, Artur Pedroaz garantiu mais um título no XTERRA Swim Challenge e na primeira edição do Desafio do Tubarão os nadadores do Corinthians, Julia Diogo e Bruce Hanson foram os campeões da prova. Na natação master o Campeonato Brasileiro da ABMN registrou 62 novos recordes.

Pela última etapa do Campeonato Brasileiro de Águas Abertas, Ana Marcela Cunha e o francês Marc-Antoine Olivier venceram as provas de 5 km e 10 km na Praia de Inema. O título da temporada, porém, ficou com os gaúchos Betina Lorscheitter e Alexandre Finco. A CBDA divulgou também os índices olímpicos da natação para os Jogos de Tóquio-2020, o Circuito Mares fechou um contrato de patrocínio com a Caixa Econômica Federal, Fabiola Molina assumiu um cargo na Secretaria de Esporte do Governo Federal e a equipe Navegantes/Vasco da Gama venceu uma caótica Travessia Caraguá-Ilhabela.

Leia mais 

Ondas, calor e glamour no 1º Desafio do Tubarão: clique aqui para ler.

62 recordes no Brasileiro de Masters: clique aqui para ler.

Allan do Carmo e Betina Lorscheitter vencem o Canal de Ilhabela: clique aqui para ler.

Novos recordes na Maratona Aquática 14 Bis!: clique aqui para ler.

A soberana do Canal de Ilhabela: clique aqui para ler.

A incansável Rafaela Monilly: clique aqui para ler.

A supremacia da Arena nas águas abertas: clique aqui para ler.

Circuito Mares: o maior do país na natação em águas abertas: clique aqui para ler.

Celebrando o Dia Nacional da Consciência Negra na natação brasileira: clique aqui para ler.

CBDA divulga critérios de convocação para Tóquio-2020: clique aqui para ler.

Ultra Sports Science e o trabalho físico individual: clique aqui para ler.

Florent Manaudou assina com a Arena: clique aqui para ler.

 

DEZEMBRO

Guilherme Costa e Allan do Carmo – Foto: Patrick Winkler/SWIM CHANNEL

Após ter ido mal no Campeonato Mundial de Gwangju e muito bem nos Jogos Pan-Americanos, Guilherme Costa fechou o ano em alta ao bater três recordes sul-americanos no US Open de Atlanta, nos 400m, 800m e 1500m livre. O Cachorrão ainda venceria Allan do Carmo na prova do Challenge de 5 km no Desafio Rei e Rainha do Mar na Praia de Copacabana. No mesmo evento Catarina Ganzeli ganhou o tetra no Super Challenge de 10 km e o jovem Matheus Avellar superou os veteranos Artur Pedroza e Luiz Felipe Lebeis. A primeira temporada da International Swimming League (ISL) chegou ao fim em Las Vegas e registrou ao longo do ano três novos recordes mundiais em piscina curta.

Tivemos ainda a vitória de Ana Marcela Cunha no Rio Negro Champions em Manaus, a quarta edição do projeto social Swim 4 Change de Fabiola Molina e Diogo Yabe, a Rússia sendo punida pela WADA e banida de eventos esportivos por quatro anos, Samir Barel nadou 24 horas para arrecadar quase 1 tonelada de leite em ação beneficente e a vitória de Marcos Fraccaro e Catarina Ganzeli na disputa da touca de ouro no inédito Desafio 4x500m de Natação no Mar.

Leia mais 

Swim 4 Change chega a sua 4ª edição: clique aqui para ler.

Trinca de ouro: clique aqui para ler.

Rússia é campeã do Europeu de curta um dia antes de ser punida: clique aqui para ler.

Anunciados os critérios para a vaga olímpica das águas abertas: clique aqui para ler.

Guilherme Costa vence duelo contra Allan do Carmo no Rei do Mar: clique aqui para ler.

Samir Barel nada mais de 80 km em 24 horas contra a fome: clique aqui para ler.

Rogerio Karfulkenstein: o técnico campeão do Rei e Rainha do Mar: clique aqui para ler.

A natação como instrumento de ação social: clique aqui para ler.

Catarina Ganzeli e Marcos Fraccaro vencem a touca de ouro: clique aqui para ler.

Tags

Águas abertas natacao retrospectiva 2019 Swim Channel

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas