Revezamento 4x100m livre é o destaque deste sábado

Com muita gente boa na água, prova em revezamento tem EUA, Brasil e Austrália com favoritos e Japão querendo surpreender

10/08/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Pedro Spajari - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Pedro Spajari - Foto: Satiro Sodré/SSPress

Acontece amanhã de manhã uma das provas mais aguardadas do Campeonato Pan-Pacífico de Tóquio: o revezamento 4x100m livre masculino. Uma das provas que promete ser cheia de disputas eletrizantes com muita gente boa na água. Estados Unidos, Brasil e Austrália são os favoritos para subir ao pódio, com o Japão um pouco atrás e correndo por fora.

Se depender dos resultados da prova individual desta manhã os americanos são os favoritos a vitória. Caeleb Dressel, Zach Apple, Blake Pieroni e Nathan Adrian formarão o quarteto dos Estados Unidos não só amanhã como no Mundial de Gwangju no ano que vem. Todos nadaram bem na prova individual neste Pan-Pacífico e apenas Dressel já vai ter caído na água antes para nadar os 100m borboleta.

Marcelo Chierighini – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Vice-campeão mundial ano passado em Budapeste, os brasileiros não tiveram uma boa performance nas finais individuais. Com exceção de Marcelo Chierighini, todos os demais pioraram seus tempos na final em relação as eliminatórias. Porém, o conjunto é muito forte e pode crescer no momento certo como já ocorreu em Budapeste. De qualquer forma, as performances dos 100m livre mais cedo ascenderam uma luz amarela sobre o time brasileiro.

Quem chega motivada a final é a Austrália. Depois da dobradinha na prova individual com Klye Chalmers e Jack Cartwright, os australianos esperam manter a boa fase. Mesmo desfalcados de Cameron McEvoy os aussies tiveram quatro velocistas nadando na casa dos 48 segundos e chegam com moral para desbancar americanos e brasileiros e mostrar recuperação internacional após x no Mundial do ano passado.

Caeleb Dressel – Foto: Peter H. Bick

Por fim o Japão corre por for, mas pode surpreender comendo pelas beiradas. Não só pelo fato de nadar em casa, mas por ter uma equipe perigosa. Katsumi Nakamura já nadou este ano para 47s87 e na final A ficou a apenas 27 centésimos do pódio. Além dele Shinri Shioura e Katsuhiro Matsumoto foram outros velocistas na casa dos 48 segundos neste Pan-Pacífico.

 

Podemos esperar uma disputa bem competitiva e acirrada, até porque na prova individual foram 15 aletas nas eliminatórias na casa dos 48 segundos. As eliminatórias começam logo mais a partir das 22h e as finais do terceiro dia tem transmissão a vivo amanhã do Sportv a partir das 6h da manhã.

Tags

4x100m livre Caeleb Dressel Campeonato Pan-Pacífico Marcelo Chierighini Tóquio-2020

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas