Samir Barel encara o Canal de Catalina

27/09/2016

Facebook Twitter

Samir fez simulações noturnas visando a prova – Foto: Matheus Meireles

O sonho de completar as principais provas de águas de abertas do mundo ganha um novo capítulo a partir de amanhã a noite para Samir Barel. Após atravessar a nado o Canal da Mancha, a Volta a Ilha de Manhattan e a Travessia Hernandarias-Paraná, o experiente nadador de águas abertas inicia amanhã seu mais novo desafio: a Travessia do Canal de Catalina, estreito de água que separa a Ilha de Catalina da costa oeste dos Estados Unidos que tem cerca de 36 km de percurso.

A prova é uma das mais difíceis e exigentes do mundo. Afinal até hoje foram poucos os atletas que conseguiram registrar esse feito, entre eles dois brasileiros: Dailza dos Santos em 1993 e Adherbal Oliveira que atravessou o Canal em julho deste ano. A Travessia do Canal de Catalina conta com muitas particularidades. Uma delas é a recomendação de iniciar a prova a noite devido a presença de tubarões e muitos peixes na região. Como na escuridão noturna o nadador não atrairá tanta atenção da vida marinha, esse período é o mais indicado para fazer a travessia. Porém, aparecem outras dificuldades como a água gelada, as fortes correntes e a falta de visibilidade.

Samir sabe que esta não é uma travessia comum e vem se preparando a meses para conseguir concluir este objetivo. “Nadar a noite em mar aberto será uma experiência bem diferente e isto é um fator que me atrai nessa prova, algo que as outras que já realizei não tem. Minha preocupação será acertar muito bem a hidratação para não ter enjoos. Também fiz quatro treinos específicos simulando a natação em período noturno, conta o nadador que também procurou ouvir a experiência de Adherbal para encarar este nova desafio. “Conversei com ele e pude tirar algumas duvidas e receios que tinha. Assim, me sinto muito preparado”, finaliza.

Samir pretende concluir grandes desafios ao longo da carreira - Foto: Flávio Perez/OnboardSports

Samir pretende concluir grandes desafios ao longo da carreira – Foto: Flávio Perez/OnboardSports

Além de encarar esta travessia como uma grande missão e paixão pelo esporte, Samir também pensa no bem da sociedade e tem dois objetivos que o motivam a realizar estas grandes provas em águas abertas. “Primeiro objetivos é promover e divulgar a maratona aquática em todo o Brasil, uma modalidade possui uma série de benefícios, tais como incentivar o turismo e o contato direto com outras culturas e, claro, com a natureza. E o segundo, é mostrar para as pessoas que Todos Somos Capazes, um lema que carrego comigo, superar obstáculos inimagináveis e estimular qualquer pessoa a superar seus desafios particulares”.

Samir começa a nadar a Travessia do Canal de Catalina a partir das 23h desta quarta-feira (3h da manhã no horário de Brasília) e chegará ao seu destino na manhã de quinta-feira. O longo trajeto entre a Ilha de Catalina e acosta californiana costuma ser atravessado em média de 9 e 10 horas.

Por Guilherme Freitas

Tags

Águas abertas Samir Barel Travessia do Canal de Catalina