Natação na gestação

Nossa modalidade não prejudica a gestação e é possível dar suas braçadas até quase o dia do parto

04/04/2018 - Dra. Tathiana Parmigiano

Facebook Twitter
Natação na gestação - Foto: Reprodução

Natação na gestação - Foto: Reprodução

Sabemos onde crianças, jovens, adultos e idosos se encontram: na piscina. E meninas, mulheres, grávidas e idosas? Também na piscina. Boas braçadas unirão mulheres em qualquer fase da vida, inclusive na gestação. Sejam elas nadadoras amadoras, atletas ou ex-atletas.

O Colégio Americano de Ginecologia e Obstetrícia – American Congress of Obstetricians and Gynecologists – estabelece que mesmo mulheres previamente sedentárias devem ser estimuladas por seus médicos à prática esportiva durante a gestação. Um dos critérios propostos por estudiosos do assunto é chamado de “Fitt”. Ele avalia a frequência, intensidade, tipo e tempo de atividade a que estavam acostumadas antes de engravidarem, ou seja, as condições pré-gestacionais determinarão a prática esportiva durante a gravidez.

Apesar dos protocolos existentes, trinta minutos diários são, inicialmente, recomendados a todas que não apresentarem contraindicações absolutas. A liberação do médico durante o pré-natal é essencial para essa avaliação.

Para aquelas que veem a água como um ambiente confortável, a natação pode e deve ser um esporte para acompanhá-las durante todo esse período, variando a metragem, intensidade, entre outros critérios que poderão ser individualizados. Obviamente, busca-se bem-estar, menor ganho de peso, manutenção da autoestima, não sendo priorizado nenhum tipo de metas ou de resultados no período.

Atividade recomendada

Vale ressaltar que não há risco aumentado de infecções urinárias ou vaginais que possam ser transmitidas na água, independente da temperatura. Ainda, o ambiente aquático elimina o impacto, minimizando repercussões de ganho de peso sobre as articulações e permitindo que o exercício seja realizado até bem próximo ao momento do parto.

Então, não deixe todas as suas resoluções e cuidados para quando seu exame der “positivo” e vier a confirmação de gestação. Se você estiver se preparando para engravidar, inicie a prática de exercícios também nessa fase. Isso dará segurança para mantê-la quando estiver gestante.

Dra. Tathiana Parmigiano

Ginecologista do Comitê Olímpico do Brasil