Sede olímpica por alguns dias

09/11/2015

Facebook Twitter

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro só começam daqui a 303 dias, mas a preparação das equipes já começou há anos. Seja na escolha dos eventos que serão seletivas olímpicas (caso do Brasil que determinou o Torneio Open e o Troféu Maria Lenk do ano que vem), na formação da comissão técnica (caso dos Estados Unidos que nomeou Bob Bowman e David Marsh como head coaches) ou no caso de preparar competitivamente a equipe (caso da Austrália que reuniu mais de 50 atletas para uma semana simulando provas nos horários da disputa oficial). Além dessas medidas pré-Jogos há outra coisa que muitas delegações já fizeram ou estão em vias de fazer: definir uma base para aclimatação.

Para quem vai ao Rio de Janeiro assistir a competição não há muitos problemas em chegar na cidade maravilhosa as vésperas dos Jogos. Porém, para quem vai competir o ideal é chegar com antecedência, de preferência, semanas de antecedências.  Com mais dias de preparação o atleta consegue entrar no ritmo ideal, se adaptando ao clima local, ao fuso horário após uma longa viagem e a rotina de treinamentos e atividades antes do show começar. Porém, as arenas oficias do Rio-2016 não poderão ser utilizadas como base e as delegações precisarão arrumar outro espaço para se preparar.

Algumas já definiram onde ficarão, priorizando a infraestrutura dos locais. No Rio de Janeiro duas seleções nórdicas farão sua preparação olímpica. Os suecos no Fluminense e os dinamarqueses no Botafogo. Já a piscina da Unisul, palco de disputa do Torneio Open, é um dos lugares mais procurados. As seleções de Itália, Alemanha e Holanda farão sua aclimatação em Palhoça. Outras delegações que já definiram suas bases são a Rússia, em São Caetano do Sul, a China,em Fortaleza e a Grã-Bretanha, em Belo Horizonte.

 

Vista da piscina do Fluminense - Crédito: Satiro Sodré/SSPress

Vista da piscina do Fluminense – Foto: Satiro Sodré/SSPress

 

Haverá equipes que optaram por não se concentrar no Brasil, se preparando em lugares com clima semelhante ao Rio. Caso dos Estados Unidos que irá se preparar no estado do Texas e depois em Porto Rico. Outras definirão em breve o local de estadia antes dos Jogos , mas de qualquer forma além do Rio de Janeiro outras cidades poderão desfrutar de hospedar possíveis medalhistas olímpicos e também sentir o gostinho de ser sede olímpica.

Por Guilherme Freitas

Tags

aclimatação Jogos Olímpicos Rio de Janeiro Rio-2016