Show de recordes no Torneio Aberto Brasil Masters

Competição disputada em Ribeirão Preto registrou 55 novas marcas, entre elas uma mundial com Guilherme da Silva

12/06/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter

A 2ª etapa do Circuito Brasileiro Master aconteceu neste último fim de semana com a disputa do Torneio Aberto Brasil Masters. Mais de 400 atletas masters caíram na piscina da Sociedade Recreativa e de Esportes, em Ribeirão Preto, que assistiu a uma chuva de recordes. Foram ao todo 55 novas marcas em dois dias de competição sendo 28 novas marcas nacionais, 26 novas marcas sul-americanas e um novo recorde mundial, este o mais celebrado na piscina.

Uma festa não apenas por ser o ápice da carreira de um atleta, mas neste caso, por quem foi o responsável pela quebra: Guilherme da Silva. Nascido em 1928, ele era o nadador mais velho balizado para a competição e o único na categoria 90+. Ele estabeleceu três novos recorde nacionais nos 50m e 100m peito e nos 50m borboleta, mas foi nos 100m borboleta onde ele brilhou. Com o tempo de 2min16s78 superou a marca mundial em piscina curta e agora tem seu nome imortalizado na galeria de recordistas mundiais.

Vista da piscina do Recra – Foto: Jornal Tribuna Ribeirão

Além de Guilherme, outra nadadora experiente brilhou na piscina da Sociedade Recreativa e de Esportes. Nadir de Figueiredo estabeleceu três novos recordes continentais na categoria 85+ nos 50m e 100m peito e 100m borboleta. Maior equipe do certame, a UNAMI/Ribeirão Master foi quem mais conquistou medalhas com 192 ao todo, sendo 55 de ouro. O time também foi o grande campeão da competição entre as equipes grandes com 3.255 pontos. Na classificação dos times médios o vencedor foi o RKF Swim Team com 742 pontos e entre os pequenos o título ficou com a Felipe Maia que marcou 304 pontos.

Os resultados, pontuação e estatísticas do Torneio Aberto Brasil Masters podem ser conferidos no site oficial da competição clicando aqui. O circuito da ABMN 2018 continua em setembro com a realização da XXV Copa Brasil em Caxias do Sul (RS) e depois em novembro com o 62º Campeonato Brasileiro em piscina curta, na cidade de Belo Horizonte (MG). No cenário internacional o principal desafio dos nadadores será o Campeonato Pan-Americano Master em Orlando que acontecerá entre julho e agosto.

Tags

ABMN Campeonato Brasileiro Master natacao natação master

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas