Sun Yang apresenta recurso para voltar as piscinas

Suspenso por oito anos pelo CAS/TAS, nadador chinês entra com pedido de revisão de pena no Tribunal Federal Suíço

27/07/2020 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Sun Yang - Foto: Rob Schumacher/USA Today Sports
Sun Yang - Foto: Adam Pretty/Getty Images

Sun Yang - Foto: Adam Pretty/Getty Images

Sun Yang - Foto: Rob Schumacher/USA Today Sports

O nadador chinês Sun Yang ainda não desistiu de alterar sua punição por doping. Suspenso por oito anos pelo CAS/TAS devido ao polêmico caso onde destruiu amostras de um exame antidoping, o atual campeão olímpico dos 200m livre voltou ao noticiário depois de apresentar um novo recurso para reverter sua pena.

Segundo o jornal South China Morning Post, Yang registrou recentemente dois novos pedidos de revisão no Tribunal Federal Suíço, a única esfera que pode alterar sua punição. Seu advogado, o suíço Bonnard Lawson, confirmou os pedidos de revisão da pena. Segundo ele, Yang registrou um novo pedido de revisão no último dia 15 de junho. Ele já havia apresentado um outro recurso no final de abril.

Sun Yang – Foto: Michael Sohn/Associated Press

O último pedido de revisão de Yang busca a possibilidade de reduzir sua pena. O chinês ainda sonha em tentar nadar os Jogos Olímpicos de Tóquio, porém, as chances para isso ocorrer são mínimas. O Tribunal Federal Suíço já havia dito que só decidirá em favor do nadador caso encontre graves falhas de procedimento do julgamento do CAS/TAS.

Caso cumpra toda a suspensão, Yang só voltaria as piscinas em fevereiro de 2028. O último grande evento do chinês foi o Campeonato Mundial de Gwangju-2019 quando conquistou duas medalhas de ouro nos 200m e 400m livre. No evento ele ainda protagonizou polêmicas com o australiano Mack Horton e o britânico Duncan Scott que se negaram a cumprimentá-lo nas cerimônias de premiação.

Tags

CAS/TAS China doping natacao Sun Yang

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas