SWIM CHANNEL recorda todas as medalhas olímpicas da natação brasileira

Campanha histórica através de lives no Instagram começará no dia 6 de abril; primeiro convidado será Gustavo Borges

02/04/2020 - Patrick Winkler

Facebook Twitter
Cesar Cielo, campeão olímpico - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA
Cesar Cielo celebra o ouro olímpico - Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Cesar Cielo celebra o ouro olímpico - Foto: Ezra Shaw/Getty Images

Cesar Cielo, campeão olímpico - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Verdade seja dita, quem ama natação, aproveita de maneira intensa os anos olímpicos. Afinal, são oito dias de natação e dois dias de maratona aquática durante os Jogos Olímpicos, que tiram o sono de qualquer torcedor fanático.

Devido a epidemia do COVID-19, o Comitê Olímpico Internacional (COI) adiou a edição de Tóquio para o ano de 2021. Como o planejamento da Swim Channel era uma cobertura épica para o megaevento, não queremos que a motivação olímpica diminua nos “corações” dos amantes da natação. Não se depender da SWIM CHANNEL.

Desde a primeira edição em 1896 em Atenas até a edição de 2016 no Rio de Janeiro, o Brasil conquistou 14 medalhas, confira:

Pensando nessa história, iremos conversar com alguns dos personagens destas conquistas, relembrando momentos marcantes do esporte nacional. As entrevistas serão realizas na página do Instagram da SWIM CHANNEL, todas as segundas e quintas-feiras a partir da segunda semana de abril.

As duas primeiras sessões já estão confirmadas:

  • Dia 6 de abril as 12h

Entrevista com Gustavo Borges falando sobre a medalha de prata no 200m livre em Atlanta-1996, com duração de 45 minutos.

  • Dia 9 de abril as 11h

Entrevista com Djan Madruga falando sobre a medalha de bronze com o revezamento 4x200m livre em Moscou-1980, com duração de 45 minutos.

Os últimos dez minutos da transmissão, serão destinados a perguntas dos internautas. É o momento perfeito, digníssimo leitor SWIM CHANNEL, para fazer aquelas perguntas que sempre desejou: de nadador para nadador

Nota

Estamos elaborando uma maneira interessante, para realizar um programa especial sobre a medalha de Tetsuo Okamoto (falecido em outubro de 2007), no qual utilizaremos historiadores da natação na live. Recordar é viver e agora todos nós teremos a oportunidade de saber na íntegra, todos os detalhes das medalhas olímpicas conquistas pelos nadadores brasileiros.

Não consigo esconder meu ânimo, e já tenho diversas perguntas no “gatilho”. E você? Aproveite a oportunidade e manteremos a chama olímpica acesa em nossos corações até Tóquio-2021!

Tags

Djan Madruga Gustavo Borges Jogos Olímpicos medalhas olímpicas natacao natação brasileira

Patrick Winkler

Editor-chefe da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas