Travessia Almirante Tamandaré comemora 50 anos

Tradicional prova de 8,5 km nas águas do Rio Negro celebra meio século de vida e será disputada no dia 13 de dezembro

11/09/2020 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Travessia Almirante Tamandaré - Foto: Alcides Netto
Travessia Almirante Tamandaré - Foto: Alcides Netto

Travessia Almirante Tamandaré - Foto: Alcides Netto

Travessia Almirante Tamandaré - Foto: Alcides Netto

O ano de 2020 marca uma data muito especial para a natação de águas abertas da região Norte do Brasil. A tradicional Travessia Almirante Tamandaré de 8,5 km celebra seus 50 anos e será realizada no dia 13 de dezembro. Além da comemoração de aniversário, o evento marca o retorno de atividades aquáticas no Amazonas que terá também uma etapa do Rio Negro Challenge com provas de 2 km e 4 km e do revezamento 3x500m, este realizado no dia 12, nas águas do famoso rio amazônico.

Os últimos meses foram tempos difíceis devido a pandemia do COVID-19 com diversos eventos sendo cancelados ou adiados. O Rio Negro Challenge também foi afetado tendo que cancelar sua etapa no primeiro semestre. Havia receio de que esta etapa do segundo semestre também não pudesse ocorrer, mas tudo deu certo e a prova vai acontecer em dezembro mantendo a tradição de eventos esportivos nas águas do Rio Negro.

Travessia Almirante Tamandaré – Foto: Alcides Netto

Responsável pela organização do Rio Negro Challenge, Pierre Gadelha lembra da importância e consolidação do evento para a região. “O Rio Negro Challenge, hoje, tem uma fama nacional e internacional. Já tivemos atletas de seleções internacionais como da França, Espanha, Portugal entre outras. Já conseguimos ter nadadores de todos os estados brasileiros, medalhistas olímpicos, e é um evento que nós começamos em 2013, com 90 atletas na prova. Hoje a gente limita a 380 atletas por questões de segurança que é uma prioridade em nossos eventos”, conta.

A travessia foi disputada pela primeira vez em 1970 e teve como grande campeão Carlos Reimão do Clube do Remo (PA). Um nadador local só foi vencer a prova em 1973 com o triunfo de Alfredo Jacaúna. Desde então a Travessia Almirante Tamandaré foi crescendo e chegou a contar com vitórias e participações de atletas olímpicos brasileiros como a dupla Ana Marcela Cunha e Allan do Carmo, além de estrangeiros como a holandesa e campeã olímpica Sharon van Rouwendaal.

Travessia Almirante Tamandaré – Foto: Alcides Netto

Devido ao COVID-19, haverá algumas mudanças e ajustes no protocolo de segurança dos atletas. Este ano o congresso técnico será virtual e a retirada dos kits será feita em horários diferenciados de acordo com as categorias de disputa para evitar aglomerações. “Nós vamos fazer um evento com todos os protocolos de saúde aprovados pelos órgãos públicos e vai ser um evento seguro e bem divertido para toda a família”, afirma Pierre.

As inscrições para todas as distâncias foram abertas nesta sexta-feira e os interessados podem fazer através do site oficial da prova clicando aqui. No sábado será disputado a prova em revezamento e no domingo acontecem as demais distâncias. Lembrando também que os desafios do Amazon Challenge já estão liberado e o primeiro será realizado no final deste mês pelo nadador Vitor Gadelha nos 18 km.

Tags

Águas abertas natacao Rio Negro Challenge Travessia Almirante Tamandaré

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas