Três vezes Etiene Medeiros!

Nadadora se iguala a Nicholas Santos, Bruno Fratus e Thiago Pereira como segunda maior medalhista do Brasil em Mundiais de longa

25/07/2019 - Katarine Monteiro

Facebook Twitter
Etiene Medeiros - Foto:  Satiro Sodré
Etiene Medeiros - Foto:  Satiro Sodré

Etiene Medeiros - Foto: Satiro Sodré

Etiene Medeiros - Foto: Satiro Sodré

No quinto dia de finais, realizado em Gwangju, na Coreia do Sul, Etiene Medeiros conquistou mais uma medalha em Mundiais e se igualou a Nicholas Santos, Thiago Pereira e Bruno Fratus, na segunda colocação entre os maiores medalhistas brasileiros em Mundiais de longa.

Na final dos 50m costas a nadadora de 28 anos ficou com a medalha de prata após nadar a prova em 27s44. Ao seu ldo no pódio estivaram a americana Olivia Smoliga, campeã com 27s33, e a russa Daria Vaskina, medalhista de bronze com 27s51.

Com a conquista Etiene acumula agora três pódios em Campeonatos Mundias de piscina longa na prova dos 50m costas. Em Kazan-2015 conquistou sua primeira medalha, uma prata. No Mundial seguinte, em Budapeste-2017 marcou o melhor tempo da carreira, 27s18, e tornou-se a primeira brasileira a ganhar uma medalha de ouro em um Mundiais de longa e até hoje a única mulher brasileira medalhista na competição.

Se somarmos as medalhas obtidas em Mundiais de curta, Etiene chega ao número de nove medalhas. A nadadora também foi seis vezes medalhista na competição em piscina curta. Foram dois ouros (50m costas e revezamento 4x50m medley misto) e um bronze (4×50m livre misto) em Doha-2014, um ouro (50m costas) e uma prata (4×50 medley misto) em Windsor-2016 e um bronze nos 50m livre em Hangzhou-2018.

Somado ao feito de campeã pan-americana dos 100m costas em Toronto 2015 (que pode ser repetido daqui a duas semanas em Lima), Etiene se consolida ainda mais como o maior nome da história da natação feminina do Brasil.

Etiene Medeiros ainda pode conquistar mais uma medalha neste Mundial já que nada a prova dos 50m livre no domingo, último dia de competições em Gwangju. Hoje ela esta empatada com Bruno (uma prata e um bronze nos 50m livre e uma prata no 4x100m livre), Thiago (uma prata e um bronze nos 200m medley e um bronze nos 400m medley) e Nicholas (duas pratas e um bronze nos 50m borboleta). Cesar Cielo é o maior medalhista brasileiro em Mundiais de longa com sete pódios: seis ouros e uma prata.

As eliminatórias das provas tem início a partir das 22h com transmissão do Sportv. As finais começam às 8h da manhã (horário de Brasília) e terão transmissão do Sportv. Clique aqui para conferir os resultados completos do quinto dia de finais.

Tags

Campeonato Mundial de Desportes Aquáticos Etiene Medeiros Gwangju-2019 natacao

Katarine Monteiro

Jornalista da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas