Um desfile de estrelas no Campeonato Europeu

Principal competição do continente começa na próxima sexta-feira em Glasgow, na Escócia e promete ótimo nível técnico

01/08/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Adam Peaty - Foto: Reprodução
Adam Peaty - Foto: Reprodução

Adam Peaty - Foto: Reprodução

Adam Peaty - Foto: Reprodução

Tem início na próxima sexta-feira o Campeonato Europeu de Esportes Aquáticos, que acontecerá na cidade escocesa de Glasgow. Com poucas ausências, a competição promete apresentar um bom nível técnico já que as principais estrelas da natação do velho continente estarão em ação. As provas de natação terminarão no dia 9 de agosto, mesma data do início do Campeonato Pan-Pacífico de Tóquio. Já nas águas abertas as provas acontecerão entre os dias 8 e 12 de agosto.

Na piscina as provas serão realizadas no Tollcross International Swimming Centre, um complexo com 5 mil lugares e que foi reformado e palco das disputas dos Jogos da Commonwealth em 2014. Nas águas abertas as provas serão no Lago Lomond, localizado na região oeste da Escócia e que costuma receber diversos eventos esportivos ao longo do ano.

Katinka Hosszu – Foto: Reprodução

Anfitrião do Campeonato Europeu pela segunda vez consecutiva (a edição passada foi em 2016 na cidade de Londres),  Reino Unido vem com uma equipe forte é um dos candidatos a campeã geral da natação. Capitaneado por Adam Peaty, que busca o tri continental nos 50m e 100m peito, o time britânico ainda tem James Guy, Duncan Scott, Ben Proud e Hannah Milley, entre os candidatos a medalha de ouro, além dos fortes revezamentos masculinos. A performance de Proud nos 50m livre é uma das mais esperadas já que este ano ele nadou para 21s16 no Troféu Sette Colli e se aproximou do recorde mundial de Cesar Cielo.

Sempre uma potência europeia nas modalidades aquáticas, a Hungria foi o país que mais medalhou na edição passada do Europeu. Os húngaros chegam com time completo e favoritos mais uma vez para estarem entre os primeiros colocados. Mesmo com nomes como Laszlo Cseh, Tamas Kenderesi e Kristof Milak, as atenções estarão voltadas para Katinka Hoszzu. Após um turbulento fim de casamento e parceria com seu ex Shane Tusup, a Dama de Ferro começa um novo capítulo em sua carreira. Ela fez toda sua preparação nos Estados Unidos com Dave Salo e após o Europeu reinará com o suíço Arpad Petrov. Em Glasgow, Katinka nada apenas três provas: 100m e 200m costas e 200m medley.

Gregorio Paltrinieri – Foto: Reuters

Vencedor da edição passada do Europeu na classificação por pontos, a Itália chega desfalcada a Glasgow. A Azurra não terá o medalhista olímpico Gabriele Detti que ainda se recupera de lesão. Em Londres-2016, ele teve um ótimo desempenho ganhando quatro medalhas. Meses depois conquistou dois bronzes no Rio-2016. Se ele não vem, as estrelas italianas Gregori Paltrinieri, Luca Dotto e Federica Pellegrini (que nada apenas os 100m livre) estão confirmadas.

Outra seleção sempre cotada para colecionar medalhas é a Rússia. Turbinados pelas recentes performances de Yulia Efimova (melhor tempo do mundo nos 100m e 200m peito), os russos terão uma equipe numerosa e com qualidade, mesclando velhos conhecidos com Vladimir Morozov e revelações como Kliment Kolesnikov. Passando por uma fase de entressafra de gerações a França vai ao Europeu com uma equipe mais fraca em relação as edições passadas. Os mais contados a subir no pódio são Mehdy Mettela, Charlotte Bonnet e Jeremy Stravius.

Sarah Sjöström – Foto: Peter Sukenik

Eleita como a melhor nadadora do mundo em 2017, Sarah Sjöström é o principal nome da Suécia no Europeu. A velocista esta inscrita com o melhor tempo em quatro provas: 50m e 100m livre e os 50m e 100m borboleta, além de ser vital nos revezamentos suecos. Já a Holanda vem com um time feminino forte com destaque para Ranomi Kromowidjojo, Femke Heemskerk e Kira Toussaint.

Outras estrelas internacionais também estarão em ação no Tollcross International Swimming Centre como o ucraniano e recordista mundial dos 50m borboleta Andriy Govorov, a dinamarquesa e campeã olímpica dos 50m livre Pernille Blume, a lituana Ruta Meilutyte, o ucraniano Mykhaylo Romanchuk e os alemães Franziska Hentke e Philip Heintz. Um dos desfalques mais sentidos será o de Mireia Belmonte que esta doente e cortou o Europeu de sua agenda. Já o vice-campeão dos 100m livre Pieter Timmers ainda é dúvida já que se recupera de uma virose. O start list das provas de natação já foi divulgado e pode ser acessado aqui.

Ferry Weertman – Foto: Gregory Bull/AP Photo

O start list das águas aberas ainda não foi divulgado pela LEN, mas alguns nomes são considerados favoritos aos títulos na modalidade com destaque para os holandeses e campeões olímpicos Ferry Weertman e Sharon van Rouwendaal, a campeã mundial Aurélie Muller e a medalhista olímpica Rachele Bruni. Ao todo serão sete provas: 5 km (masculino e feminino), 10 km (masculino e feminino), 25 km (masculino e feminino) e revezamento por equipe.

Tags

Adam Peaty Águas abertas Campeonato Europeu Lago Lomond natacao Sarah Sjostrom Tollcross International Swimming Centre

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas