Um feito inédito na Ultramaratona do Rio Itapanhaú

Pela primeira vez na carreira, Catarina Ganzeli vence uma prova de águas abertas na categoria geral entre homens e mulheres

29/10/2018 - Guilherme Freitas

Facebook Twitter
Vista do Rio Itapanhaú - Foto: Reprodução
A nadadora Catarina Ganzeli - Foto: Alcides Netto

A nadadora Catarina Ganzeli - Foto: Alcides Netto

Vista do Rio Itapanhaú - Foto: Reprodução

Catarina Ganzeli é hoje uma das grandes personagens das águas abertas do Brasil. No último sábado a nadadora conseguiu um resultado inédito em sua carreira: venceu uma prova na categoria geral absoluto superando todos os adversários homens e mulheres. O feito aconteceu na disputa da primeira edição da Ultramaratona Aquática do Rio Itapanhaú, travessia de 15 km disputada rio abaixo na cidade de Bertioga.

A expectativa da prova era proporcionar aos atletas uma experiência diferente. Devido a forte correnteza do rio, eles nadariam a favor dela e consequentemente fariam uma ultramaratona bastante veloz. Dito e feito. Com uma fortíssima pressão da água os nadadores se surpreenderam com a velocidade atingida e tiveram uma média bem abaixo do normal.

Catarina foi uma dessas atletas realizando uma ultramaratona muito forte. Ela inclusive superou na reta final Allan Viana, o campeão do masculino. “Nadamos a prova inteira sozinhos do começo ao fim e chegamos super apertados. Aqui no Itapanhaú fiz uma travessia muito veloz e mantive uma média de 51 segundos a cada 100 metros! Adorei o evento e pela primeira vez venci uma prova no absoluto entre homens e mulheres. Estou muito feliz”, disse a nadadora que dedicou a vitória a outubro rosa. Catarina completou os 15 km em cerca de 2h08min45, um resultado bem abaixo do que normalmente ocorre em competições com esta distância.

Catarina Ganzeli venceu a prova – Foto: Instagram/Catarina Ganzeli

A nadadora da Unisanta ainda teceu elogios aos organizadores do evento e espera que a prova volte a ser disputada ano que vem. “A organização foi excelente. Na minha opinião superaram bem a expectativa para esta primeira edição e adorei a dinâmica. Só tinha nadado a favor da correnteza uma vez na vida em Ourinhos quando o Igor de Souza organizava o Campeonato Paulista de Maratonas Aquáticas”, afirma a atleta que confirmou também presença na etapa de Ubatuba do Rei e Rainha do Mar no próximo dia 11 de novembro.

Além das disputas individuais, a ultramaratona teve ainda disputas em revezamento de até três integrantes, com cada membro da equipe nadando um trecho nas águas do Itapanhaú. Allan Viana venceu entre os homens com o tempo de 2h08min50s. Entre os revezamentos vitória da família Abram representando a Academia Competition.  O time formado por Liliana, Jacques e Victor Abram nadou o percurso em 2h34min14s. Os resultados oficiais do evento já foram divulgados pela Associação 14 Bis, empresa que organizou a competição e que também é responsável pela Maratona Aquática 14 Bis (que tem inscrições abertas na SWIM CHANNEL aqui). Eles estão disponível aqui para consulta.

Tags

Águas abertas Allan Viana Associação 14 Bis Catarina Ganzeli natacao ultramaratona aquática Ultramaratona Aquática do Rio Itapanhaú

Guilherme Freitas

Jornalista sênior da SWIM CHANNEL.

Notícias relacionadas