Universíade tem início no domingo

16/08/2017

Facebook Twitter

Os últimos meses form bastante agitados. Seletiva americana para o Mundial, Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, Troféu José Finkel e etapas da Copa do Mundo da Fina em piscina curta e nas águas abertas. Todos esses eventos aconteceram entre junho e agosto, movimentando as águas e piscinas em diversas partes do mundo. Mas a overdose aquática ainda não acabou. Está acontecendo na Hungria o Campeonato Mundial Master de Esportes Aquáticos, evento que iremos abordar em breve aqui na SWIM CHANNEL. E no próximo domingo tem início as provas de natação de uma das competições poliesportivas mais tradicionais do planeta: a Universíade.

Disputada pela primeira vez em 1959 o evento acontece de dois em dois anos e é organizado pela Federação Internacional do Desporto Universitário (Fisu) sendo voltada para atletas universitários. O torneio ganhou o apelido de Olimpíadas Universitárias já que a dinâmica é a mesma dos Jogos Olímpicos. Centenas de países enviam suas delegações para a competição e os atletas ficam hospedados em vilas. A Universíade também tem uma versão de esportes de inverno realizada a cada dois anos (este ano aconteceu em fevereiro em Almaty, no Cazaquistão). O Brasil é um dos países que mais participaram da competição ao longo dos tempos e já teve a honra de sediar a terceira edição em 1963 na cidade de Porto Alegre.

Leonardo de Deus passou para eliminatória - Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Leonardo de Deus disputa sua primeira Universíade – Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

A edição deste ano acontecerá em Taipei, capital de Taiwan entre os dias 19 e 30 de agosto. Serão realizadas provas de 21 modalidades, sendo quatro delas aquáticas: natação, saltos ornamentais, polo aquático e águas abertas. Espera-se a participação de mais de 7600 atletas de 131 países. No ano passado após uma reunião com seu comitê executivo, a Fisu decidiu impor uma idade limite aos atletas. Agora todos os participantes da Universíade deverão ter entre 17 e 28 anos.

A natação é uma das modalidades mais nobres do programa da Universíade. Campeões e medalhistas olímpicos como Federica Pelegrini, Britta Steffen, László Cseh, Cullen Jones, Rachele Bruni, Yulia Yefimova, Ryosuke Irie, entre outros já subiram ao pódio no evento. Este ano os principais destaques internacionais serão o australiano Benjamin Treffers, medalhista de bronze nos 50m costas no Mundial de Kazan-2015, a canadense Katerine Savard, medalhista de bronze com o revezamento 4x200m livre nos Jogos Olímpicos do Rio-2016 e o americano Ryan Held, campeão olímpico com o time do 4x100m livre no Rio-2016.

Henrique Martins ganhou três medalhas na edição passada - Foto: Reprodução

Henrique Martins ganhou três medalhas na edição passada – Foto: Reprodução

A delegação brasileira convocada pela Confederação Brasileira de Desportos Universitários (CBDU) em Taipei terá 29 nadadores: 25 na natação e mais quatro para as provas de águas abertas. Entre os convocados estão oito atletas que estiveram no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste: Allan do Carmo, Betina Lorscheitter, Viviane Jungblut, Victor Colonese, Gabriel Santos, Henrique Martins, Guilherme Costa e Leonardo de Deus.

Em toda história da Universíade o Brasil soma 157 medalhas, sendo 45 delas na natação. São dez de ouro, 16 de prata e 19 de bronze. Na edição passada em Gwangju, Henrique Martins foi o destaque da delegação somando três pódios: venceu os 100m livre com 48s98 e os 50m borboleta com 23s22 e sagrou-se vice-campeão nos 50m livre com 22s24. O balizamento ainda não foi divulgado, mas informações como programa de prova e horário dos eventos já estão disponíveis. Confira mais informações no site oficial.

Por Guilherme Freitas

Tags

Águas abertas CBDU Fisa natacao Taipei Universíade